Jogar games de corrida com o teclado pode até ser legal, mas não se compara com uma experiência de jogar com volantes. Alguns jogos ou simuladores suportam o mouse para jogar (GTR 2 e Live For Speed) mas ainda não é tão legal quanto usar um volante com pedais e tudo mais.

Falaremos um pouco neste post sobre os volantes bons e baratos, que podem ser usados tanto para diversão com jogos ou simuladores. É claro que, como estamos falando de volantes que servirão para simuladores, estamos descartando os volantes infantis e de brinquedo, como Clone, Leadership e similares.

Segue abaixo dois que são perfeitos.

 

Logitech Momo Racing

 

Este praticamente dispensa comentários. É um volante excelente, com tudo que tem direito. Possui sistema Force feedback, ou seja, o volante vibra e literalmente puxa para o lado inverso da curva, como em uma experiência real, tendo o jogador que “usar o braço” durante o jogo.

A rotação é de 240 graus batente a batente, como em um carro comum. O sistema de encaixe é de três pontos, proporcionado firmeza durante o jogo. O sistema de aderência é perfeito, e quando você utiliza o pedal ele não desliza.

Possui seis botões programáveis, câmbio sequencial e borboletas (como nos carros de corrida, rally e drift).

O preço é de excelente custo-benefício, custando em média R$325. É comprar e usar a vida toda.

 

Thrustmaster Ferrari GT Experience (2 in 1 ou 3 in 1)

 

(Tanto o 2 em 1 quanto o 3 em 1 são o mesmo modelo, com as mesmas características, exceto o 5 em 1, que é péssimo.)

 

Este é inferior ao citado acima, porém não pense que ele deixa a desejar. O Thrustmaster Ferrari GT Experience está longe de ser um brinquedo e possui um qualidade muito acima da maioria dos volantes. Diferente do Momo, ele não possui o sistema de Force Feedback, mas sim o Vibration Feedback. Não se iluda, o Vibration Feedback nem se compara ao Force Feedback, nem de longe, sendo apenas um sistema de vibração de acordo com o jogo.

O Thrustmaster Ferrari GT Experience possui apenas 90 graus de convergência batente a batente, mas isso não prejudica o jogo, pois a sensibilidade aumenta quanto mais o volante está esterçado. Quanto a isso, não atrapalha a experiência do jogo e em alguns casos (drift por exemplo) acaba até ajudando.

O sistema de marchas é apenas o de borboleta, mas cumpre bem o papel. O sistema de encaixe também é excelente, apenas o de aderência dos pedais que é, digamos, péssimo. O jeito é colocar a caixa de pedais em cima de um tapete ou encostado na parede.

Assim como o Momo o Thrustmaster Ferrari GT Experience possui dois pedais, um de freio e outro de aceleração (ajustáveis), ambos com excelente sensibilidade.

O custo benefício também é excelente, mas vale a pena dar uma boa pesquisada. O preço varia entre R$199 a R$280.

Outra vantagem é que o Thrustmaster Ferrari GT Experience possui compatibilidade para PC e PS3.