A psoríase é basicamente uma inflamação da pele não contagiosa que pode ser genético ou adquirido com fatores de estresse e outros. Essa doença da pele é caracterizada por lesões de cor vermelha e descamativas que geralmente permanecem no joelho, cotovelo e couro cabeludo, podendo também se expandir para a perna e outros locais. Confiram a seguir mais informações sobre a psoríase e saiba sobre os sintomas e tratamento.

Há diversos tipos de psoríase. A psoríase vulgar apresenta como sintomas as lesões de vários tamanhos com escamas secas que surgem no couro cabeludo, joelhos e cotovelos. A psoríase invertida apresenta lesões mais úmidas também localizadas na maioria das vezes nas áreas do couro cabeludo, cotovelos e joelhos. A psoríase gutata são pequenas lesões em forma de gotas que geralmente aparecem no tronco, coxas e braços sendo mais freqüente em jovens e crianças. A psoríase eritrodérmica são lesões em grande parte do corpo.

 

 

Há ainda outros tipos de psoríase como a ungueal que são mais freqüentes em unhas e mãos, a artropática que é associada ao comprometimento articular sendo menos freqüente, a postulosa que são com pus, e a palmo plantar que são nas palmas das mãos e solas dos pés.

O tratamento pode ser mais fácil e rápido para casos mais leves de psoríase podendo tomar algumas providências para amenizar e controlar a psoríase como o uso de medicação adequado no local afetado, hidratação da pele, exposição ao sol moderadamente e evitar ingestão de bebidas alcoólicas.

A psoríase não tem cura, porém pode ser controlada e assim as lesões diminuem bastante podendo ficar imperceptíveis. É importante consultar um médico especialista para que ele possa lhe indicar os medicamentos e cuidados especiais para o seu caso.